quarta-feira, 11 de julho de 2018

O Anjo Mecânico - Cassandra Clare

   "Através de Tessa Gray, uma jovem órfã de 16 anos, esta obra apresenta os Caçadores das Sombras da Inglaterra vitoriana. Como seus representantes do século XXI, eles também combatem os elementos rebeldes do submundo - vampiros e lobisomens. E são eles que vão ajudar Tessa quando esta, ao sair de Nova York em busca do irmão, seu único parente vivo, é raptada pelas irmãs Black. Mas Tessa não é uma senhorinha indefesa. Dona do estranho poder de se transformar em qualquer um apenas tocando em algum pertence dessa pessoa, é um objeto valioso para o submundo. Ao lado do temperamental e misterioso Will e de seu melhor amigo James, cuja frágil beleza esconde um terrível segredo, Tessa vai aprender a usar seu poder e ganhar um lugar ao lado deles na batalha entre as trevas e a luz."

   Boas Leitores!
   Mais uma vez aqui estamos e agora com uma nova obra de Cassandra Clare. Esta autora já é conhecida deste blogue por uma outra saga, que ainda está em processamento da minha parte para ser lida. Entretanto, por loucura, decidi começar também esta saga. As Peças Infernais é uma trilogia dos quais os 3 livros estão publicados em português, por isso caso estejam interessados podem adquirir todos em português. Esta trilogia é também pertencente ao mesmo mundo que a saga Instrumentos Mortais. Esta passa-se alguns anos antes da saga dos Instrumentos Mortais.
   A obra teve decididamente um bom começo, não pensei que fosse ficar tão impressionado com o início tão sombrio e grim que teve. Infelizmente essa surpresa não durou muito e foi substituída pelos mesmos clichés de uma obra juvenil. Os amores e mistérios que não são bem mistérios fazem parte da maior parte da obra.
   E no meio disto lá conseguimos extrair pequenas coisas boas como pequenas surpresas no enredo, ou então a esperança de que a autora irá falar de assuntos um pouco mais sérios, e que fariam a obra ganhar mais seriedade. Esta última ficou-se pela esperança, a autora não concluiu isso.
   Um ponto que tenho de dar é do facto de ser "engraçado" ou interessante ver personagens que já conheço dos livros que li da outra saga e ter aqui uma nova versão deles, uma versão nova do que eles são nos outros livros, e o que me dá a entender é que iremos saber nas próximas obras o desenvolvimento das personagens para se tornarem quem são nos livros da saga principal.
   É uma obra que começou bem, a meio desceu consideravelmente a qualidade e depois conseguiu recuperar ligeiramente no fim. Veremos como se sairá no resto da trilogia.
   Boas Leituras... ;)
6/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas