terça-feira, 16 de agosto de 2016

Soul Eater vol. 14 - Atsushi Ohkubo

   "When "BREW" activates during his battle with Mosquito, Kid's soul wavelength is amplified to a whole new level! But once Mosquita has recovered from the shock of seeing the real "BREW" in action, he redoubles his efforts to destroy the young shinigami before the intruders from DWMA unlock the way to the Spider Queen Room. Will Kid's awakened power be enough to defeat Mosquito's deadly form?!"

   Hello readers!
   Só faltam onze volumes para esta saga acabar. Não que seja muito ou pouco visto que em onze volumes muita coisa pode ser contada (ou não).
   Podemos tomar como exemplo o arco que este volume continua. Os cinco capítulos que compõem este volume são todos ainda do mesmo arco, indo desde a parte 8 até à 12. E ainda não acabou, por isso o décimo quinto volume desta saga ainda terá capítulos deste arco, esperemos é que sejam os últimos.
   Não está a ser assim tão mau como estou a fazer parecer. Quatro em cinco capítulos foram mesmo muito interessantes e foi por isso que esta obra foi lida tão rápida. E não houve aquelas partes que parece que o autor quer empatar a história e não sabe como, não. Estes capítulos continuaram a história, acabaram certas batalhas e começaram outras.
   E já que se fala em batalhas, este volume está cheio delas, e tenho de comentar e parabenizar a qualidade do desenho no que toca a essas partes de batalha, pode-se pensar que ver as imagens de uma batalha não seja a mesma coisa que ver no anime, mas aqui consegue perceber-se tão bem quanto no anime e é fantástico na mesma.
   Aliás algumas partes até são melhores visto que houve imensas partes que não apareceram no anime, por isso este volume está a entrar em grande no terreno desconhecido que tanto esperava. Foram apresentadas personagens novas e misteriosas que não conhecia e que agora só dão vontade de comprar os próximos volumes para ler mais e mais e mais.
   Outro ponto positivo foi a falta das tiras acerca da adaptação para anime do mangá. Não existiram e ainda bem porque assim houve mais espaço para os capítulos da história. E quanto a pontos negativos, terei de referir a capa, induziu em erro. Eu a pensar que iria aparecer outra vez a mítica personagem Excalibur, mas não, serviu só de capa.
   No geral está bom, só houve ali um capítulo que pareceu despachado um pouco à pressa e portanto com mais algumas falhas, mas aconselho a lerem! Se quiserem saber do volume anterior, basta seguirem o link: Crítica - Soul Eater vol.13 - In the Name of "Soul"
   Boas Leituras... ;)
8/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas