quinta-feira, 11 de agosto de 2016

A Quinta dos Animais - George Orwell

   "Esta nova tradução de Animal Farm recupera o título original, contrariamente às edições anteriores, que adoptaram os títulos panfletários O Porco Triunfante e - o mais conhecido - O Triunfo dos Porcos.
   À primeira vista, este livro situa-se na linhagem dos contos de Esopo, de La Fontaine e de outros que nos encantaram a infância. Tal como os seus predecessores, Orwell escreveu uma fábula, uma história personificada por animais. Mas há nesta fábula algo de inquietante. Classicamente, atribuir aos animais os defeitos e os ridículos dos humanos, se servia para censurar a sociedade, servia igualmente para nos tranquilizar, pois ficavam colocados à distância, "no tempo em que os animais falavam", os vícios de todos nós e as sua funestas consequências. Em A Quinta dos Animais o enredo inverte-se. É a fábula merecida por uma época - a nossa época - em que são os homens e as mulheres a comportar-se como animais."

   Boas Leitores...
   Afinal o intervalo foi menor do que esperava. Cá está mais uma opinião e desta vez é de um grande clássico lido por muitos e aconselhado a todos!
   Clássico, fábula, conto são tudo palavras com que se possa descrever esta história, no entanto nenhuma delas consegue definir o quão bom é este livro. Novamente George Orwell não desaponta e tem uma obra excelente com críticas à sociedade subtis mas inteligentes na sua forma de serem apresentadas.
   Cada capítulo desta pequena obra, que, com os extras dos prefácios escritos pelo autor não chega às 160 páginas, está excelente. Aos poucos e poucos o leitor vai percebendo os mecanismos que são usados, não só na ficção mas também na nossa realidade para manipular as pessoas, ou animais neste caso, para os propósitos de quem comanda. Conseguimos rever cada personagem e transpô-la para a realidade, pois haverá sempre um Tagarela ou personagens como as ovelhas que sabem apenas repetir aquilo que lhes mandam repetir. E não é só o facto de haver um paralelismo entre personagens e realidade, é também o simbolismo que cada animal tem na sociedade.
   Num pequeno resumo é um livro que está cheio de pistas boas que vão sendo aproveitadas à medida que o leitor avança. Se é um livro para crianças ou para adultos? Acho que para ambos, as crianças podem ler e acabarão por ver apenas um conto de animais, os adultos ao lerem verão algo mais, útil para todos no fundo.
   Uma boa sátira que é aconselhada a todos. e que apesar de escrita há mais de meio século ainda representa parte da nossa realidade.
   Boas Leituras... ;)
10/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas