quinta-feira, 2 de junho de 2016

Fragmento - Warren Fahy

   "Uma ilha inexplorada e uma descoberta capaz de reconfigurar o destino da humanidade.
   Quando a tripulação e elenco do reality show "Sealife" encontram a inexplorada ilha Henders, no Pacífico Sul, rapidamente percebem que não se trata da Lagoa Azul.
   Henders desenvolveu-se num total isolamento do resto do Mundo, densa e habitada pelas mais exóticas e inimagináveis espécies predadoras.
   Enquanto os cientistas a bordo do "Sealife" se deslumbram com as descobertas, os políticos decidem se a investigação em curso compensa o risco que as criaturas da ilha podem representar para a Humanidade.
   É então que, a horas de se concretizar a destruição total da ilha, é descoberta vida inteligente em Henders, diferente de tudo o que alguma vez foi visto na Terra."

   Boas pessoal!
   Livro isolado, sem qualquer continuação! Este é o primeiro aviso para quem pensar "nem vou ler porque não quero meter-me em mais uma colecção", podem ler à vontade que não vão aventurar-se em mais sagas.
   Acho que este é uma obra que as pessoas que de certa forma estejam ligadas à área de biologia, gostarão de ler. Não que o resto da população odeie esta obra, provavelmente acharão graça, mas não tanta quanto quem estuda biologia. Porquê? Devido a certos conceitos que aparecem, várias teorias (aliás, provavelmente neste aspecto quem não estuda biologia terá maior prazer em ler do que os biólogos que sentir-se-ão um pouco revoltados com o que se diz se não tiverem um espírito fantasioso) e mesmo ilustrações poderão ser pequenos pormenores que agradarão ao leitor.
   Quanto a enredo, não se poderá dizer a mesma coisa. Não é grande espingarda como se costuma dizer. Meio policial, meio mistério, não chega a ser um género inteiro. A história tem a sua piada mas não é por aí que o leitor achará a melhor obra de sempre. Acho que os elogios vão para a imaginação e originalidade do autor a criar um ecossistema inteiro e pesquisar para que façam sentido, pelo menos a maior parte das coisas.
   Não esperem grande coisa das personagens, até porque como são imensas não houve grande desenvolvimento de cada uma. Aliás o romance aparece nas últimas páginas e é só passado levemente, por isso se não esperam por um romance a sério, sempre podem pegar neste livro.
   É um livro curioso de se ler, e de ver a quantidade de ilustrações que tem, que merecem ser congratuladas.
   Boas leituras... :)
6.5/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas