domingo, 7 de fevereiro de 2016

A Voz - Anne Bishop

 
"Numa aldeia vizinha da cidade de Visão ninguém conhece o sabor da mágoa e da angústia, mas essa comunidade, aparentemente idílica, esconde um segredo tenebroso. Quando era pequena, Nalah não percebia porque a mandavam levar um bolo à menina muda a quem chamavam «A Voz» sempre que se sentia mal. Sabia apenas que isso a ajudava a melhorar. Já crescida, desvenda esse mistério e anseia por fugir da aldeia opressiva onde sempre viveu. Só depois de visitar a cidade de Visão e de conhecer o Templo das Mágoas, compreende o que tem de fazer para se libertar..."

   Boas Leitores!
   Apareceu por aqui um livro isolado de Anne Bishop. Pequeníssimo, não chega a cem páginas parece mais um conto do que propriamente um livro. Tenho de afirmar que o seu tamanho de bolso também não ajuda.
   Mas afinal que conto é este? Uma pequena história do mundo Efémera, mundo esse onde Sebastian e Belladona têm as suas ações. Não há muito que se possa dizer deste livro dado o seu pequeno tamanho mas vou tentar falar dos seus pontos bons e maus.
   A escrita é simples mas não simples ao ponto infantil, aliás tem algumas metáforas (que por vezes deixam de ser metáforas para passarem a ser comparações reais) muito boas e que fazem sentido na história e até no nosso mundo.
   Quanto ao enredo, para cem páginas não podia pedir-se muito, sinto que havia imenso que podia ser explorado e descrito com melhor cuidado, não diria num livro de 400 páginas, mas se calhar 200 tornariam a obra muito melhor. Principalmente na área das personagens, não há muito desenvolvimento, apesar de se passarem anos na história, não sabemos muito da protagonista e no final ficamos sem saber muito também.
   E acho que esse é o ponto fraco deste conto, por ser tão pequeno e pouco descritivo não há qualquer ligação com o leitor, mesmo havendo partes chocantes e revoltantes não são ao ponto de atingir aquele que lê a obra.
   Foi bom para matar aquele bichinho de Anne Bishop (e das suas obras boas, não tanto daquelas que li por último) e aconselho àqueles que gostam da autora.
   Boas Leituras... ;)
7/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas