domingo, 30 de agosto de 2015

A Serva do Império vol.1 - Raymond E. Feist & Janny Wurts

   "Ninguém conhece os meandros do Jogo do Conselho melhor do que Mara dos Acoma. Através de sangrentas manobras políticas, ela tornou-se uma poderosa força no Império; porém, rodeada de mortíferos rivais, se Mara quiser sobreviver, tem de ser a melhor.
   Como se isso não bastasse, Mara tem de combater batalhas em duas frentes: no viveiro de intriga e traição que é a corte dos Tsurani, e no seu coração, onde a paixão por um escravo bárbaro do mundo inimigo de Midkemia a leva a questionar os princípios que regem a sua vida.
   A Serva do Império é o segundo volume da magnífica saga épica de Feist e Wurts - uma das colaborações mais bem-sucedidas de todos os tempos no estilo fantástico."

   Boas leitores!
   Desde que li o primeiro volume desta colecção que estava desejoso de poder ler mais... Pois bem, já li o segundo volume e ainda bem que o fiz. Este é então o segundo de quatro livros que existem em português. Em inglês a colecção é apenas uma trilogia. Cá em Portugal o 2º livro foi dividido em dois.
   E já que falo nisto acho que pela primeira vez achei por bem terem dividido o livro. Sei que provavelmente foi por razões de lucro e não de conveniência ao leitor. Mas este livro apesar de muito bom tornar-se-ia demasiado denso se estivesse com outro livro da mesma grossura, ou quase, englobado.
   Então e porque é que continuo a querer ler mais desta saga? Porque até agora está feito um cenário brilhante. A intriga continua sem perder qualquer ritmo, não houve nenhuma incoerência e o enredo só fica melhor!
   Disse na opinião do primeiro livro que ler o duo O Mago - Aprendiz e Mestre ajudava a entender a história no início, mas com este livro achei simplesmente espectacular o facto de um dos grandes acontecimentos do O Mago - Mestre aparecer neste livro numa perspectiva diferente, soube tãããão bem ler isso!
   Só houve um momento na minha leitura que julguei que estava tudo perdido para este duo de escritores. Foi quando foi apresentado o "bárbaro" de que falam na sinopse. Pensei mesmo que a história fosse tomar um rumo comercial e romantizado até dizer chega. Mas não aconteceu, apesar de haver um certo romance a história não se torna só nisso, ganha talvez mais camadas! E ainda bem! Se não conhecesse a saga e fosse ler esta sinopse diria que este livro se tratava de outro igual a tantos que já li, mas não! É completamente diferente.
   E é por isso que darei uma pontuação adequada! Se quiserem ver a opinião do volume anterior, basta seguirem o link: Crítica - A Filha do Império
   Boas Leituras... ;)
9/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas