sexta-feira, 6 de março de 2015

The Final Empire - Brandon Sanderson

   "The mists rule the night... The Lord ruler owns the world.
   For a thousand years the ash fell. For a thousand years, the Skaa slaved in misery and lived in fear. For a thousand years, the Lord Ruler reigned with absolute power and ultimate terror, divinely invincible. Every attempted revolt has failed miserably.
   Yet somehow hope survives. A new kind of uprising is being planned, one that depends on the cunning of a brilliant criminal mastermind and the courage of an unlikely heroine, a Skaa street urchin, who must learn to master Allomancy, the power of a mistborn.
   What if the prophesied hero had failed to defeat the Dark Lord? The answer will be found in the Mistborn trilogy, a saga of surprises that begins here."

   Boas leitores!
   Aqui estou eu com um grande fenómeno que chegou o ano passado a Portugal! Brandon Sanderson era um autor já muito esperado devido à sua fama na fantasia nomeadamente com a finalização da saga Wheel of Time.
   Este é o primeiro livro da primeira saga publicada cá. A original consiste em três volumes se não me engano mas cá em Portugal serão cinco, sendo os dois últimos divididos em dois (para obterem mais lucro ou para proveito dos leitores, fica a questão).
   Agora quanto à obra, tinha grandes expectativas devido à quantidade de opiniões muito positivas que tinha visto pouco depois do lançamento desta obra. Não sai desiludido.
   Um mundo novo, estranho, um pouco difícil de abarcar ao início pela imensidão e desolação torna-se pouco depois num mundo, estranho na mesma, mas curioso e que não nos importaríamos de dar uma vista por uns dias. A magia, exactamente o mesmo, esquisita de início, com Puxar e Empurrar que se farta, mas assim que se apanha o jeito só sobra a vontade de experimentá-la.
   O enredo absorve-nos por completo. Senti-me como se tivesse a mão do autor a guiar-me pela história sem saber o que aconteceria, surpresas eram bem-vindas, as batalhas eram pontos altos e a intriga como cereja no topo do bolo que não se desmanchou de maneira nenhuma!
   Achei até que a caracterização das personagens estava bem conseguida, sem perder incoerência e evoluindo de maneira muito boa. Mas isso é algo a ver nos próximos livros.
   Só houve uma pequena falha, um pequeno cliché que poderia ter tornado a obra uma novela autêntica relacionado com o amor. Felizmente não foi muito grave e a história não evoluiu nessa direcção.
   É um livro que aconselho vivamente a lerem, até porque agora estou super curioso para ler a continuação visto que este acabou de forma um pouco misteriosa, sem que se perceba muito bem o que será do futuro do Império Final.
   Boas Leituras... ;)
9/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas