domingo, 22 de fevereiro de 2015

The Shadow Rising - Robert Jordan

   "There is a world of light and shadow, where good and evil wage eternal war. It is the world of the Wheel of Time, the greatest fantasy epic ever written.
   The Stone of Tear, invulnerable fortress of legend, has fallen. The Children of the Dragon have risen to the call of prophecy and march to the aid of the Light. Callandor, the Sword That Is Not a Sword, is held by Rand al'Thor, the man proclaimed as the Dragon Reborn.
   But stil the shadows lengthen and still the Forsaken grow in strength. If he is to fight them, Rand must master the male half of the True Source, a power that drives men to madness, a power that may save or damn the world."

   Hello readers!
   Voltei finalmente com uma nova crítica! Após semanas e semanas sem novidades, aqui está algo novo. Este é o quarto volume de catorze da grande saga The Wheel of Time.
   Aconteceu uma coisa engraçada na leitura desta obra. Eu já a tinha lido em português, sendo que este foi o último livro que ainda foi publicado em português, e apesar de ter sido já há bastantes anos ainda me lembrava vagamente de algumas coisas que iriam acontecer. Não esperava era chegar a certo ponto e não me lembrar mesmo de nada da história e chegar a pensar "Será que isto também estava nos livros em português?".
   Como um livro de cerca de 1000 páginas há sempre muita coisa a acontecer. Claro que há partes espectaculares que nos agarram ao livro e faz-nos querer ler sempre um pouco mais, como o primeiro capítulo
, outras em que pensamos "Vá lá, avança com isso.", principalmente quando o autor decide por em suspenso uma personagem e passar a outra que está num conflito diferente num local distante daquele. É um ponto positivo, significa que estava a interessar-me bem pela personagem.
   Acho que a única coisa menos boa que achei neste livro foi mesmo haver certas partes entre os grandes acontecimentos que poderiam ter sido dispensados. Mas se calhar fazem sentido no futuro. Uma colecção de catorze livros pode estar a criar ainda mais mistérios no quarto que eu não faça ideia. Pelo menos fiquei com mais perguntas por responder do que as que tinha quando iniciei a leitura.
   Não manteve totalmente a qualidade da colecção mas não diminuiu assim tanto. Se quiserem saber mais sobre os livros anteriores podem seguir o seguinte link: Crítica - The Dragon Reborn
   Boas Leituras... ;)
8.5/10

André

2 comentários:

Leto of the Crows - Carina Portugal disse...

Ainda estou deprimida por não terem publicado o resto em português :(
(Vamos fingir que há bocado não me enganei e comentei no post errado)

AndréAlves disse...

É não é Carina? O tempo que desperdicei a tentar saber se alguma vez voltariam a publicar em português!

Enviar um comentário

Páginas Comentadas