quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Os Guerreiros de Nin - Stephen Lawhead

   "A ascensão da Estrela do Lobo, arauto de Nin, lançou uma sombra de terror sobre o reino do Rei Dragão. A cada noite que passa, a Estrela do Lobo fica maior e mais ameaçadora, aumentando o poder maléfico de Nin. Mais uma vez, é Quentin quem tem o destino do reino nas mãos. A última esperança de salvação reside numa espada: Zhaligkeer, a Brilhante. Mas o segredo do «lanthanil», o metal vivo com quem tem de ser forjada, perdeu-se há muito na noite dos séculos..."

   Boas leitores...
   Demorou um bocado a cá chegar mas finalmente há alguma novidade no blogue! Desta vez é a continuação de uma trilogia, A Saga do Rei Dragão, este é o segundo volume dos três publicados cá em Portugal.
   Que obra magnífica que li... Ou talvez não. O certo é que se me perguntarem daqui a um ano de que fala o livro é muito provável que não vos possa dizer grande parte dos pormenores. O que significa que o livro não é estrondosamente bom que me marque a memória para todo o sempre, mas também não é terrivelmente mau que faça o mesmo efeito. É só sem graça.
   Já é um enredo muito comum, com um molde explorado até mais não. As variações são coisas que já não surpreendem um leitor experiente (talvez uma pessoa que tenha começado recentemente a ler goste disto).
   O objecto sagrado, a profecia um pouco previsível, e uma batalha bastante confusa em que os números dos exércitos estão um pouco baralhados na luta final são alguns pormenores que definem esta obra e não num bom sentido.
   O que é que posso dar de bom acerca deste livro? Não muito, mas não que o livro seja só mau. Tem as suas falhas que não são compensadas por pontos muito bons. Mas para o público-alvo a que está dirigido talvez goste, os jovens normalmente são aficionados por histórias deste género.
   Se quiserem ver a opinião do livro anterior basta clicarem no seguinte link: Crítica - Na Casa do Rei Dragão
   Boa Leitura... ;)
4/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas