quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Sangue-do-Coração - Juliet Marillier

   "Whistling Tor é um lugar de segredos, uma colina arborizada e misteriosa que alberga a fortaleza de um chefe tribal cujo nome se pronuncia na região com repulsa e amargura. Há uma maldição que paira sobre a família de Anluan e o seu povo; os bosques escondem uma força perigosa que prenuncia desgraças a cada sussurro.
   No entanto, a fortaleza solitária é um porto seguro para Caitrin, uma jovem escriba inquieta que foge dos seus próprios fantasmas. Apesar do temperamento de Anluan e dos misteriosos segredos guardados nos corredores escuros, este lugar há muito temido providencia o refúgio de que ela tanto precisa. À medida que o tempo passa, Caitrin aprende que há mais por detrás do atormentado jovem e dos estranhos membros do seu lar do que ela pensava. Só através do seu amor e determinação é que a maldição poderá ser desfeita e Anluan e a sua gente libertados..."

   Boas pessoal!
   Bem isto ultimamente anda lento quanto a novidades. Mas a ver se melhoramos! Aqui está uma nova crítica, duma autora já conhecida deste blogue, Juliet Marillier. Este livro não pertence a nenhuma colecção, é um livro isolado, felizmente que colecções inacabadas é o que não me falta.
   Infelizmente a autora não me surpreendeu de maneira nenhuma com este livro. Quando o comecei a ler bastaram cinquenta páginas se tanto para perder o interesse. Porquê? Porque eu lia e a primeira coisa que me vinha à cabeça era que a história era uma versão ligeiramente do conto infantil da Disney "A Bela e o Monstro". Havia um homem deformado, uma rapariga muito interessada em livros, um castelo meio abandonado e em ruínas, vários "espíritos" que eram amigos do homem deformado e uma maldição que, curiosamente, o amor conseguiu quebrar.
   Para além disso o facto de bastar uma das personagens aparecer duas vezes no início da história para perceber que era a pessoa por detrás de todos os problemas foi uma desilusão enorme. Não houve qualquer mistério nessa parte ou curiosidade em saber quem seria responsável por tudo.
   Acho que a melhor parte foi mesmo as páginas finais quando há batalhas e desafios entre personagens, teve algumas coisas menos esperadas e que entusiasmaram ligeiramente o leitor, de resto foi muito monótono e pouco realista dentro da fantasia que é o livro.
   Não é de todo dos melhores livros da autora, se têm uma boa imagem da escrita dela então não vos aconselho a lerem este. Esperemos que melhores leituras venham.
   Boa Leitura... ;)
4/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas