quinta-feira, 19 de junho de 2014

O Herdeiro de Sevenwaters - Juliet Marillier

   "Os chefes dos clãs de Sevenwaters têm sido guardiães de uma vasta e misteriosa floresta, um dos últimos refúgios das Criaturas Encantadas da história antiga.
   Humanos e habitantes do Outro Mundo coexistem, separados por um fino véu entre os dois mundos e uma confiança degradada. Tudo se altera na Primavera em que Aisling de Sevenwaters descobre que espera outro filho. Ao nascer um rapaz - herdeiro de Sevenwaters -, a sua irmã Clodagh toma a responsabilidade pelo bem-estar da criança, enquanto a mãe recupera.
   A alegria da família transforma-se em desespero quando o bebé é levado do seu quarto e substituído por uma estranha criatura. Clodagh verá a sua coragem testada ao limite e a recompensa será muito maior do que alguma vez imaginara..."

   Olá a todos os leitores...
   Espero que estejam a ler muito, e se tiveram oportunidade de ir à praia que já tenham lido umas boas páginas junto ao mar. Eu por cá continuo, desta vez trago o quarto livro da saga que era suposto ser apenas uma trilogia, mas começou a ter mais continuações, falo da saga de Sevenwaters. Este quarto volume já não há à venda, tal como os três anteriores, por serem editados pela Bertrand e esta já não ter os direitos de autor da Juliet Marillier.
   Falando agora do livro em si. Tem uma história engraçada, e surpreendente no fim. Acho que no início enrolou um pouco na quantidade de pormenores descritos mas assim que a trama começou o livro acelerou o seu ritmo e ficou interessante.
   Quanto às personagens, é normal quem for ler achar que elas estão a ficar discordantes ao longo da história e a ter perdas de personalidade, pelo menos foi o que eu achei, mas foi tudo explicado no fim e fez completo sentido, por isso se acharem o mesmo e não tiverem a gostar, façam um esforço e vão ver que valerá a pena.
   Aconselho a ler pois é um livro desta autora muito bom, e para quem leu a trilogia inicial, sempre vale a pena continuar a ler porque passa-se sempre com a mesma família (apesar deste livro não atingir as proporções de "fixeza" que o primeiro e o terceiro da colecção atingem)... Se quiserem ver a crítica ao volume anterior podem fazê-lo por aqui:Crítica - A Filha da Profecia
   Boa Leitura... ;)
8/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas