sexta-feira, 2 de maio de 2014

O Terror vol.2 - Dan Simmons

   "Na primavera de 1845, Sir John Franklin liderou uma expedição de dois navios e 130 homens numa viagem arrojada para o desconhecido Ártico. O seu objetivo: encontrar a lendária Passagem do Noroeste que, supostamente, ligara os oceanos Atlântico e Pacífico.
   Mas agora Franklin está morto e os dois navios estão fatalmente presos nas garras do gelo. As rações e o carvão escasseiam e os homens, mal preparados, lutam para sobreviver ao frio letal. À beira do desastre e a braços com loucura, motins e canibalismo, o capitão Crozier terá de tomar medidas drásticas para sobreviver. Mas ele sabe que o seu verdadeiro inimigo é bem mais aterrorizador. Existe algo à espreita nas trevas glaciais: um predador oculto que captura marinheiros e abandona os seus corpos na vastidão de gelo...
   O Terror é simultaneamente um romance histórico rigorosamente pesquisado e uma homenagem ao melhor que a literatura de horror ofereceu até hoje. Segundo Stephen King: "Um romance intenso, absorvente e arrepiante como só Dan Simmons podia escrever.""

   Boas Leitores!
   Aqui estou com o segundo volume, e último, deste duo denominado O Terror. Antes de iniciar a crítica, tenho só a dizer que tenho pena que a capa deste livro não tenha o mesmo efeito que o outro, que só pode ser visto com o livro na mão.
   Vamos lá ao livro em si, a crítica do livro anterior mostrava que a obra não estava algo por aí além, por isso comecei a ler este livro a pensar se seria outro aborrecimento. Não aconteceu em certas partes, mas porquê?
   Primeiro, o livro já não está tão focado nos navios, logo as imensas descrições de instrumentos de navegação já não existem, o que só por si é uma vantagem. E depois surge toda uma nova variante à história que é a doença inevitável que os marinheiros têm de evitar, o escorbuto. Esta parte está bem desenvolvida, a doença a alastrar e a matar lentamente as pessoas.
   Por outro lado como eles saiem do navio, cria-se outra parte interessante que é a sobrevivência em pleno Pólo Norte. Evitar o frio, evitar a subnutrição e acima de tudo evitar o canibalismo são assuntos aqui expostos que interessaram-me.
   Mas depois, nas últimas cem páginas de leitura, a minha reação foi basicamente "O que raio acabei eu de ler?". Isto porque nesta recta final do livro a história toma uma outra perspectiva e um final completamente inesperado. Mas foi bom para entender os mistérios que envolviam aquele lugar inóspito.
   Só tive pena do verdadeiro terror no livro não ter aparecido tanto, e assim essa emoção não foi quase explorada.
   É um livro mais interessante que o primeiro, se quiserem ver a crítica ao volume anterior basta seguirem por este link: Crítica - O Terror vol.1
   Caso já tenham lido o primeiro e querem ler o segundo aproveitem para comprá-lo por aqui: Wook
   Boa Leitura... ;)
7/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas