quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Anel Oculto - Anne Bishop

   "Depois de nos maravilhar com a Trilogia das Jóias Negras, a autora regressa ao mundo que a fez vencer o prémio Crawford Memorial Fantasy Award. Desta vez para nos contar a história de Jared, um Senhor da Guerra de jóia vermelha.
   Jared transgrediu todas as regras ao assassinar a sua rainha. Mas no reino dos Sangue, são poucos os homens que podem sobreviver sem estar sob a vigilância de uma rainha. Conseguirá Jared enfrentarar os seus próprios demónios e descobrir o significado de estar verdadeiramente ligado a uma Rainha? 
   Anel Oculto é um livro isolado, mas tem laços com os acontecimentos da trilogia — especialmente pela presença do inesquecível Daemon Sadi. O mundo de Bishop continua a ser gótico, sensualmente perigoso e por vezes violento. Um prazer de leitura para os fãs, e uma excelente descoberta para os novos leitores que são apresentados a uma sociedade complexa, exigente, e carregada de personagens tão reais que arrepiam."

   Boas leitores...
   Finalmente uma crítica que não envolva vampiros não é? E foi uma mudança brutal, de ler imensos livros eróticos/fantasiosos sobre vampiros passei para Anne Bishop uma autora que tenho em grande conta pelas grandes obras dela.
   E esta não é excepção, como está na sinopse, este é um livro isolado, mas pertence a um dos mundos criados pela autora, o mesmo da trilogia As Jóias de Sangue.
   E como boa tradição minha ao ler esta autora, não percebo nunca o início da história, já no primeiro volume da trilogia precisei de chegar às cem páginas para conseguir entender aquele mundo e desta vez tive de chegar às trinta para entender as várias partes do enredo, mas nada que custasse muito.
   Porque este livro tem uma leitura espectacular e um enredo ainda melhor, apesar de um pouco previsível em certas partes. E não sei se se deveu ao facto de ter lido muita fantasia erótica nos últimos livros que era descarada, mas o romance que havia nesta obra, e o erotismo que havia parecia-me muito mais subtil e delicioso, não era desenfreado nem feroz como nos vampiros mas mais sedução e vagaroso, algo que até gostei imenso.
   As personagens também estão naquele ponto de agarrarem o leitor para gostarem delas, ou odiarem-nas, o que é uma coisa muito boa.
   É portanto um livro que aconselho grandemente a lerem, se quiserem comprá-lo podem fazê-lo por aqui: Wook
   Boa Leitura... ;)
8,5/10

André

2 comentários:

Anónimo disse...

Eu já li todos os livros desta escritora e estou sempre a ver quando sai o próximo

AndréAlves disse...

Eu agora também sou assim! Ainda tenho de comprar aquela trilogia "Os Pilares do Mundo" já me disseram que também é muito bom :D

Enviar um comentário

Páginas Comentadas