quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

O Beijo Carmesim - Lara Adrian

   "Ele chega até ela mais morto que vivo, um enorme estranho vestido de preto, crivado de balas e a perder muito sangue. Enquanto luta para salvá-lo, a médica veterinária Tess Culver não faz ideia de que o homem que se chama Dante não é totalmente humano, mas um membro da Raça, guerreiros vampiros envolvidos numa batalha desesperada. Num momento único e carregado de erotismo, Tess é lançada no mundo dele - um lugar perigoso e sombrio onde vampiros Renegados vagueiam na noite trazendo o terror.
   Assombrado por visões de um futuro obscuro, Dante vive e luta como se não houvesse amanhã. Tess é uma complicação de que ele não precisa - mas agora, com os seus irmãos sob ataque, ele deve protegê-la de uma ameaça crescente, que o inclui a ele próprio. Por causa de um beijo rápido e irresistível, ela tornou-se parte do seu reino subterrâneo... e o toque dele desperta-a para dons escondidos, desejos e fomes que ela nem sonhava possuir. Ligados pelo sangue, Dante e Tess devem trabalhar juntos para acabar com os inimigos mortais, ao mesmo tempo que descobrem uma paixão que transcende os próprios limites da vida..."

   Boa noite a todos!
   Mais uma crítica para vocês de uma das imensas colecções que tenho inacabadas, estou a fazer o melhor que posso para ler tudo o que puder, quanto mais rápido melhor para todos não é? (Desde que se leia como deve de ser)
   Aqui está o segundo livro da colecção Raça da Noite, composta por imensos volumes, dez ou mais na língua original e por enquanto cá em Portugal sete.
   A história deste volume surpreendeu-me de início pois julgava que iria permanecer no ponto de vista das duas personagens principais do livro anterior no entanto isso não aconteceu, o protagonismo passou para um novo casal e a sua história.
   Mas apesar de ter passado para outra história, deu-me a sensação que o padrão mantinha-se o mesmo, só mudavam as personagens e a situação, mas o "esqueleto" da história permanecia o mesmo, o que é um pouco aborrecido.
   Um outro ponto a favor foi o desenvolvimento das personagens estava bem feito, apesar de parecer que certas personagens não foram consistentes nos dois livros. A última coisa que não abonou muito a favor da história foi mesmo ser sobre vampiros e eles agora poderem andar ao sol, o que se torna um pouco ridículo, mas enfim.
   Se quiserem ler a crítica do volume anterior basta clicarem neste link: Crítica - O Beijo da Meia-Noite
   Para comprarem este livro, e ajudarem o blogue, podem clicar no link seguinte: Wook
   Boa Leitura... ;)
7/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas