sábado, 2 de novembro de 2013

Quem Somos Nós - Susana Cor de Rosa

   "Será que este universo inteligente em que habitamos se importa connosco?
   E em que medida?
   É possível a realidade que vivemos ser tecida por nós?
   Estaremos nós tão entrelaçados uns nos outros e na vida que aquilo que pensamos, ou sentimos, pode ser imediatamente captado e percebido, ainda que a quilómetros de distância?
   Teremos poder para nos curarmos instantaneamente, para termos sucesso ou um bom casamento e também levar a paz ao mundo?
   Será possível estarmos em dois sítios ao mesmo tempo e viajarmos no tempo?
   Qual é a verdadeira natureza da realidade?
   Estas e muitas outras perguntas têm resposta no Quem Somos Nós. Através de noções científicas de fácil compreensão, este livro de histórias reais e de contos vai alargar os seus horizontes, inspirá-lo/a e comovê-lo/a, e mostrar-lhe que, afinal, aquilo que procurava já existe em si - é um ser ilimitado - e que agora pode realizar-se plenamente, fazendo a diferença na sua vida, na humanidade, no planeta e no universo."

   Boas leitores...
   Para começarmos este mês, o penúltimo do ano, estamos a aproximar-nos do Natal a passos largos, ou seja, prendas para todos, inclusivé livros, a máxima alegria! Não, não estou a ser influenciado pelo tipo de livros que estou a ler, e antes que pensem, não, não estou a entrar em depressão, os livros que tenho lido foram-me oferecidos e portanto decidi lê-los, pois há que ler de tudo.
   Quanto a este que mistura auto-ajuda com física quântica (duas coisas que nunca julguei ver juntas, e que criou alguma estranheza) até acabou por tornar-se uma boa experiência de leitura. Como nunca tinha lido muito deste género, não tenho uma grande base de comparação mas este livro alterou de certa forma a minha maneira de ver certas coisas e de pensar sobre certas coisas, o que é em certa medida o objectivo destes livros, que ajudam as pessoas quer estas precisem quer não.
   Por várias vezes discuti sobre este livro com amigos meus, alguns interessavam-se, criando curiosidade para lê-lo tal como o livro criava a mim, a outros ridicularizava a existência de um livro assim.
   Uma coisa má do livro é que o leitor chega a 3/4 dele e começa a tornar-se tudo um pouco repetitivo, o discurso parecia o mesmo substituindo apenas o cerne do capítulo. De resto é uma boa leitura, que deve ser experimentada.
   Se quiserem ter novas experiências de leitura, podem comprar o livro por este link: Wook
   Boa Leitura... ;)
6/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas