terça-feira, 26 de março de 2013

A Possessão - Jennifer Armintrout

   "O meu pai sempre me disse que o medo é uma fraqueza.
   Ora, isso é fácil de dizer quando não temos de nos preocupar com caçadores de vampiros e água benta. Detesto o medo, mas a vida, ou melhor, a morte continua.
   Nos dois meses que passaram desde que fui atacada, na morgue do hospital, e transofrmada em vampiro, já matei o meu amo malévolo, Cyrus, apaixonei-me pelo meu novo amo, Nathan, e até me acostumei a beber sangue. E quando as coisas estavam a regressar ao normal - o mais normal possível quando a luz do sol nos pode matar - Nathan é possuído. E massacra um humano inocente.
   Agora tenho de encontrar Nathan antes que o Movimento Voluntário para a Extinção dos Vampiros o localize, porque estão apenas à espera de uma desculpa para o matar - a ele e a qualquer outro que seja suficientemente parvo para o ajudar. Mas isso não é o pior. Nathan está possuído pelo espírito de um dos vampiros mais malévolos de sempre, O Devorador De Almas. E quem pode imaginar quais serão os seus planos?
   Com o Devorador de Almas e o meu amo possuído à solta, sinto muito medo, incluindo ser morta, outra vez."

   Boas pessoal...
   Aqui estou eu de férias e portanto com a leitura avançada apesar de todo o estudo que tenho tido. Agora é o segundo livro duma colecção que suponho que seja composta por quatro, pelo menos da última vez que soube. É a colecção Laços de Sangue.
   Este segundo volume teve aspectos diferentes, começando nas várias perspectivas que o livro tomou não se centrando apenas na personagem principal, ganhando um ponto positivo com isso. Por outro lado, o enredo envolveu já pormenores que fizeram perder alguns pontos, como por exemplo envolver possessões e bruxas e lobisomens. Já tinham aparecido no primeiro livro, mas agora tomaram um papel muito mais activo o que me fez relacionar em demasia com outra colecção, a colecção do Sangue Fresco.
   Quanto às personagens tenho também um ponto positivo e um negativo a relatar, o positivo foi que gostei da transição que a autora fez duma personagem malvada para mais civilizada. O ponto negativo foi o facto da personagem principal parecer muito superficial, sem saber o que sente e ocupando todos os espaços com sexo.
   É um livro que tem os seus prós e contras está ao mesmo nível que o primeiro. Se quiserem experimentar a sensação de o ler, podem aproveitar e comprá-lo aqui: Wook
   Para saberem a crítica do livro anterior basta seguirem este link: Crítica - A Iniciação
   Boa Leitura... ;)
6,5/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas