domingo, 18 de novembro de 2012

A Noite dos Elfos - Jean-Louis Fetjaine

   "O mundo mergulhou no caos quando os homens exterminaram os últimos reinos anões. Só os elfos se podiam opor a eles, mas estes refugiaram-se nas suas imensas florestas, inconscientes do perigo que também os ameaçava.
   Para impedir o duque Gorlois de expandir o domínio dos homens sobre a terra, em nome de Deus, o druida Merlim junta-se ao cavaleiro Uter, o amante de Lliane, rainha dos elfos.
   Investido do poder de Lliane, Uter torna-se Pendragon, chefe de guerra de todos os povos livres, e passa a reter doravante nas suas mãos o poder de restaurar a antiga ordem. Mas ele é obrigado a escolher entre o amor de duas rainhas: Lliane, inacessível, refugiada na ilha de Avalon; ou Ygraine, tão real, tão humana...
   Narração emocionante do combate entre dois mundos, duas religiões, duas mulheres, A Noite dos Elfos traz uma dimensão violenta e sensual à génese do ciclo arturiano."

   Olá pessoal...
   Sei que não foi há muito tempo que publiquei aqui qualquer coisa, mas olhem, parece que ultimamente os livros têem sido fáceis de ler, o que até é bom, assim temos muitas críticas no blog para todos apreciarem...
   Quanto a esta obra que é a segunda da trilogia dos Elfos, publicada por Jean-Louis Fetjaine que é autor de muitas mais obras, tenho a dizer que foi uma história muito rápida.
   Quando comecei a ler o livro começa logo com emoção e mistério, aguçando assim a minha gula por mistério, fazendo com que leia imensamente rápido, mas depois quando acabei o livro pensei que a história tinha sido rápido de mais, parecia-me um conto. Sei que em 213 páginas não há imensas coisas que se possam escrever, no entanto houve partes que achei desnecessárias que poderiam ter sido ocupadas por outras mais importantes, para não haver aqueles saltos de tempo no início de cada capítulo, do género "dez meses depois" ou "tinha acontecido isto, nove meses antes".
   Tenho de admitir que continuo a achar um pouco estranho os elfos azuis, parecem avatares na minha imaginação, mas enfim isso é só um pequeno pormenor.
   Houve ainda algumas situações bastante emocionantes, cheias de simbolismo e patriotismo, gostei bastante dessas partes.
   Enfim se quiserem ler este livro, convém lerem o primeiro, para saberem a crítica desse, sigam o link: Crítica - O Crepúsculo dos Elfos
   Se quiserem aproveitar e comprar este livro sigam este link: Wook

   Boa Leitura... ;)
6,5/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas