sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Juntos ao Luar - Nicholas Sparks

   "Quando pela primeira vez contemplam juntos a noite de lua cheia, John e Savannah sentem-se invadidos pela força inequívoca de um amor nascente, pela percepção de um futuro que acaba de ganhar forma e sentido nos seus corações jovens e expectantes. Nunca a lua lhes pareceu tão bela, nem o mundo um local tão pródigo em promessas. Mas a realidade não tarda a impor-se, precipitando uma vaga de acontecimentos que os coloca perante encruzilhadas de vida brutais. As longas separações a que a carreira militar de John - destacado na Alemanha - os obriga e o peso quase insuportável da saudade impelem Savannah a tomar uma decisão difícil que irá mudar os seus destinos para sempre, mas não o que sentem um pelo outro... No entanto, será a John que caberá a mais amarga de todas as decisões, aquela que ditará os seus futuros de forma irrevogável. Mas por mais dolorosa que seja, a escolha certa torna-se sempre nítida quando é o amor genuíno que nos inspira, quando sabemos o que significa amar verdadeiramente alguém...
   Um romance soberbo, que nos traz Nicholas Sparks no seu melhor."

   Olá leitores...
   Mais uma vez este mês estou aqui para pôr mais uma crítica interessante neste blog fantástico, desta vez uma leitura bastante fora do normal. Um género que normalmente não se encontra muito por aqui.
   Este não é o primeiro romance de Nicholas Sparks que leio, é o segundo, e ainda tenho mais dois dele para ler aqui em minha casa, no entanto acho que este vai marcar-me para sempre.
   Primeiro que tudo, tenho de me justificar que já não lia romances há bastante tempo, logo a minha reacção a este foi duplicada ou triplicada.
   Mas quanto ao livro, eu acho que está muito mas muito bom. Já sei que os livros deste autor tendem a repetir-se num padrão que é: primeiro apaixonam-se, estão muito felizes, depois acontece alguma coisa má e depois separam-se. E foi de facto o que aconteceu neste e no primeiro que li dele, no entanto acho que este foi mais verdadeiro e retrata mais verdadeiramente a realidade.
   Talvez porque também esteja a acontecer actualmente um pouco isso comigo e talvez o livro tenha me afectado mais fortemente, mas acho que está muito bom, a história, as personagens, a escrita está boa, ter as perspectiva das personagens ao longo do livro.
   O fim do livro apesar de admitir que está muito bom na minha opinião, não gostei, mas também tem a ver com a minha personalidade, por isso digo que está muito bom, está bem... delineado digamos assim.
   É um livro que decididamente aconselho, veremos se acontece o mesmo no próximo livro dele. Se quiserem comprar este livro: Wook
   Boa Leitura... ;)
8,5/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas