sábado, 17 de março de 2012

O Mar de Ferro - George R. R. Martin

   "Quando Euron Greyjoy consegue ser escolhido como rei das Ilhas de Ferro não são só as ilhas que tremem. O Olho de Corvo tem o objectivo declarado de conquistar Westeros. E o seu povo parece acreditar nele. Mas será ele capaz?
   Em Porto Real, Cersei enreda-se cada vez mais nas teias da corte. Desprovida do apoio da família, e rodeada por um conselho que ela própria considera incapaz, é ainda confrontada com a presença ameaçadora de uma nova corrente militante da Fé. Como se desenvencilhará de um tal enredo?
   A guerra está prestes a terminar mas as terras fluviais continuam assoladas por bandos de salteadores. Apesar da morte do Jovem Lobo, Correrrio ainda resiste ao poderio dos Lannister, e Jaime parte para conquistar o baluarte dos Tully. O mesmo Jaime que jurara solenemente a Catelyn Stark não voltar a pegar em armas contra os Tully ou os Stark. Mas todos sabem que o Regicida é um homem sem honra. Ou não será bem assim?"

   Boas pessoal...
   Once again, estou eu aqui no blog para mais um livro digno de ser lido e relido, o oitavo da grande colecção e bastante famosa da saga Gelo e Fogo conhecida também por Game of Thrones. Para aqueles fãns absolutos deste autor, aposto que já sabem que ele vai cá estar em Portugal no mês de Abril por volta de dia 18 a 20, para o lançamento de mais um livro com um conto deste mundo de Westeros.
   Quanto ao livro da colecção que eu acabei de ler está bastante bom, um pouco melhor que o anterior, no entanto não tão bom quanto o sexto livro. Isto talvez se deva à pouca diversidade de perspectivas de personagens que lemos, não são muitas, apesar de isso ser justificado no final deste livro e duma forma que promete entusiasmar os leitores.
   Mesmo assim só com personagens que normalmente os leitores não gostariam o autor conseguiu fazer mil e uma coisas deles e conseguiu continuar a escrever de forma maravilhosa e engenhosa.
   Contem com surpresas, com arrepios, com gargalhadas e com sentimentos diversos como piedade, raiva, tristeza, compaixão e por aí fora ao lerem um livro que é dos mais pequenos na colecção com cerca de 320 páginas de leitura.
   É um livro bastante bom e aconselhado a todos para ler, se quiserem saber mais da colecção sigam o link: Crítica - O Festim dos Corvos
   Para comprarem o livro nada melhor do que: Wook
   Boa Leitura... ;)
8/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas