quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Exílio - R. A. Salvatore

   "Após renegar a sua própria família e partir para longe de Menzoberranzan, a sua pátria, Drizzt tem que aprender a sobreviver e conquistar um novo lar no imenso labirinto dos túneis subterrâneos onde se ocultam criaturas das trevas. Mas o verdadeiro perigo parte da sua própria raça e Drizzt terá que estar atento a sinais de perseguição, pois os elfos negros não são um povo misericordioso...

Venha descobrir Drizzt, o elfo negro, uma das personagens
mais lendárias da fantasia. E acompanhe-o na épica e intrépida jornada
para longe de um mundo onde não tem lugar... Em busca de outro,
na superfície, onde talvez nunca o aceitem."

   Boas pessoal...
   Novo mês, novo livro, a continuação da trilogia do Elfo Negro, desta vez denominado Exílio.
   Em comparação ao livro anterior, eu não gostei tanto deste, mas isso para mim, visto que gostei do primeiro por ter mais cenas de guerra em si e não de lutas repentinas, por ter mais intriga que este segundo volume. No entanto, este volume está também muito bem escrito, a história continua a ser absolutamente fantástica e atractiva.
   Drizzt e a sua raça de elfos negros continuam também a captar-me muito com o seu estilo, juntamente com os seus cenários, quer de Menzoberranzan, quer das outras grutas, e também com os seus estilos de vida, com a adoração da deusa Lolth.
   Ponto positivo do livro é que não se baseia só em guerras ou lutas, ou fugas, tem também partes comoventes como a luta interior de um certo pech, que se quiserem saber qual têm de ler.
   Se quiserem saber também da crítica à obra anterior, basta seguirem o link: Crítica - Pátria
   Comprem este livro aqui: Wook
   Boa Leitura... ;)
8,5/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas