quarta-feira, 6 de abril de 2011

Memorial do Convento - José Saramago

   "Era uma vez um rei
Que fez promessa de levantar
Um convento em Mafra.
Era uma vez a gente
Que construiu esse convento.
Era uma vez um soldado
Maneta e uma mulher
Que tinha poderes.
Era uma vez um padre
Que queria voar e morreu doido.
Era uma vez."

   Boas pessoal.
   Consegui ultrapassar-me a mim mesmo e ler este livro em pouco menos de duas semanas, fazer apontamentos e tudo.
   Este foi o segundo livro de José Saramago que li, e até agora preferi o primeiro Caím em vez deste. Talvez por este ter de ser para a escola e, impressionantemente, só escolhem livros chatos.
   Como mostra a sinopse, um pouco curta mas explícita, isto fala da construção do Convento de Mafra e da vida de certas pessoas nessa altura.
   A concepção das personagens está um pouco original, mas também já é da forma de escrita de Saramago que torna as personagens mais verdadeiras do que realmente são.
   E a mais famosa característica de Saramago e também a que menos graça acho que é a forma de escrita bastante esquisita, voltou a surpreender-me, principalmente quando via parágrafos de 4 páginas seguidas.
   Enfim, se não fosse obrigatório para a escola este não seria um livro escolhido por mim para ler. Se quiserem comprar o livro o melhor sítio é aqui: Wook

   Agora vou começar um livro de Karen Rose, já li 5 da mesma autora, vou levar o livro para Andorra para lê-lo.

   Boa Leitura... ;)
3,5/10

André 

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas